Treino de corrida: o som da sua passada…

No primeiro dia de 2013, Matt Fitzgerald, jornalista da Triathlete Europe, publicou um artigo citando a pesquisa desenvolvida pela diretora do Spaulding National Running Center, Irene Davis, uma das pioneiras no estudo sobre aspectos biomecânicos da corrida.

Seu trabalho consiste em estimular mudanças específicas na mecânica da corrida que corrijam características associadas a elevados riscos de lesão.

Durante o estudo, utilizou acelerômetros em cada uma das pernas de dez corredores para medir a aceleração tibial enquanto corriam na esteira.

A informação coletada pelos acelerômetros era transmitida para uma tela posicionada em frente aos corredores, permitindo que vissem um gráfico simples sobre o impacto de cada passada e baseados nos dados do gráfico, eram estimulados a buscar, livremente, um modo mais confortável possível para reduzir o impacto de cada passo.

O que todos os dez corredores conseguiram, cada um a seu modo.

A partir daí foram orientados a tentar manter essa nova forma de correr durante seus treinos regulares e após um mês retornaram para nova avaliação.

Resultado: todos reduziram dramaticamente o impacto durante suas passadas.

Davis acredita numa solução encontre você mesmo ao invés de sugerir, ela mesmo, as mudanças a serem feitas na biomecânica da corrida de cada um dos avaliados.

Como isso seria possível sem os recursos de um laboratório de biomecânica? Simples, ouça o som das suas passadas e tente correr o mais silenciosamente possível de forma confortável.

Quer ler o artigo da revista na íntegra? Leia a versão do artigo em inglês aqui.

Bons treinos e divirta-se!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s